Adaptação visual

Chama-se adaptação visual a capacidade apresentada pela pupila de se adequar à luminosidade de cada ambiente, comprimindo-se ou dilatando-se.

Em ambientes com grande luminosidade, a pupila pode atingir um diâmetro de até 1,5mm, fazendo com que entre menos luz no globo ocular, protegendo a retina de um possível ofuscamento.

Já em ambientes mais escuros, a pupila se dilata, atingindo diâmetro de até 10mm. Assim, a incidência de luminosidade aumenta no globo ocular, possibilitando a visão em tais ambientes.

Como referenciar: "Adaptação visual" em Só Física. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2018. Consultado em 15/08/2018 às 07:37. Disponível na Internet em http://www.sofisica.com.br/conteudos/Otica/Instrumentosoticos/adaptacaovisual.php