Você está em Diversos > Curiosidades

Prêmios Nobel de Física

Conhecido pela fundação que anualmente atribui os Prêmios Nobel, Alfred Nobel deixou a seguinte declaração em seu testamento.

"Todo o meu patrimônio deverá ser tratado da seguinte maneira. O capital será investido pelos meus executores em títulos seguros e deverá constituir um fundo, a participação onde deverá ser distribuído anualmente em forma de prêmio para aqueles que, durante o precedente ano, deverá ter conferido o grande benefício para a humanidade.

A dita participação deverá ser dividida em cinco partes iguais, onde deverá ser aplicado como se segue: uma parte para a pessoa que deverá ter feito a mais importante descoberta ou invenção no campo da física; uma parte para a pessoa que deverá ter feito a mais importante descoberta química ou aperfeiçoamento; uma parte para a pessoa que deverá ter feito a mais importante descoberta no domínio da fisiologia ou medicina; uma parte para a pessoa que deverá ter produzido no campo da literatura o mais impressionante trabalho de uma tendência idealista; e uma parte para a pessoa que deverá ter feito mais, ou melhor, trabalho para a fraternidade entre as nações, para a abolição ou redução de exércitos permanentes e para conservação e estímulos de congressos de paz.

O prêmio para físicos e químicos deverá ser entregue pela Swedish Academy of Sciences; o de fisiologia ou trabalhos médicos pelo Caroline Institute em Estocolmo; o de literatura pela Academy em Estocolmo; e para os campeões da paz por um comitê de cinco pessoas ainda para ser eleito pela Norwegian Storting. É o meu desejo expresso que quando entregue os prêmios nenhuma consideração deverá ser feita para a nacionalidade dos candidatos, para que o mais qualificado deverá receber o prêmio, seja ele escandinavo ou não."

Paris, 27 de Novembro de 1895

Alfred Bernard Nobel

Ganhadores do Prêmio Nobel de Física

1901 - Wilhelm Conrad Röntgen (Alemanha)

1902 - Hendrik A. Lorentz (Países Baixos)

- Pieter Zeeman (Países Baixos)

1903 - Antoine Henri Becquerel (França)

- Marie Curie (França)

- Pierre Curie (França)

1904 - Lord John William Rayleigh (Grã-Bretanha)

1905 - Philipp Eduard Anton Lenard (Alemanha)

1906 - Sir Joseph John Thomson (Grã-Bretanha)

1907 - Albert A. Michelson (Estados Unidos)

1908 - Gabriel Jonas Lippmann (França)

1909 - Karl Ferdinand Braun (Alemanha)

- Guglielmo Marconi (Itália)

1910 - Johannes Diderik van der Waals (Países Baixos)

1911 - Wilhelm Wien (Alemanha)

1912 - Nils Gustaf Dalén (Suécia)

1913 - Heike Kamerlingh Onnes (Países Baixos)

1914 - Max von Laue (Alemanha)

1915 - Sir William Henry Bragg (Grã-Bretanha)

- Sir William Lawrence Bragg (Grã-Bretanha)

   

 
Como referenciar: "Prêmios Nobel de Física" em Só Física. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2018. Consultado em 22/07/2018 às 19:34. Disponível na Internet em http://www.sofisica.com.br/conteudos/curiosidades/premiosnobel.php